“Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.” (Jr 2.13) O objetivo deste artigo é chamar a atenção para o valor e importância que devemos dar à Escola Bíblica Dominical. Esta, tem suas raízes aprofundadas no Antigo Testamento (Ex 24:12; Dt 4:1; 6:1; 1 Sm 12:23), nas prescrições dadas por Deus aos patriarcas e ao povo de Israel para ensinar as leis de Deus. No Novo Testamento (MT 28:19-20), os discípulos recebem a comissão de fazer novos discípulos de todas as nações batizando e ensinando. A Escola Dominical é a principal agência onde se cumpre a grande comissão de Jesus, pois é um lugar onde se faz discípulos, há preparação para o batismo e principalmente, o lugar onde há o ensino da palavra de Deus. Uma Igreja que não investe em Escola Dominical é fadada a desaparecer, pois onde não há ensino, não há continuidade (Pv 29:18).

Não podemos perder a oportunidade de revitalizar nossa mentalidade em relação à EBD, e investir nela para torná-la cada vez mais real, viva e eficaz em nossas igrejas, fazendo dela um espaço para “testemunhar a alegria e a esperança da salvação”. A igreja tem a tarefa de fazer discípulos, e isso vai além de fazer convertidos. É necessário ensino que atinge o ser humano com a reflexão, levando-o a viver de acordo com a Palavra de Deus. Evangelização e Educação Cristã são inseparáveis: não se pode evangelizar sem ensinar e, enquanto se ensina, evangeliza-se. A Escola Dominical devidamente funcionando, é o povo do Senhor, no dia do Senhor, estudando a Palavra do Senhor, na casa do Senhor. Quando conhecemos as Escrituras, elas nos levam a abandonar o pecado em nossas vidas e a praticar a justiça. Descobrimos que promessas estão disponíveis para nós, e como podemos pleitear tais promessas. É inaceitável existir ‘cristãos’ que não queiram conhecer a Deus profundamente. Que tipo de cristão é esse que quer manter um relacionamento com Deus sem saber como Ele é ou o que Ele quer? Assim como o alimento físico mantém nosso corpo, devemos nos alimentar diariamente da Palavra de Deus, a fim de que não nos tornemos ‘anoréxicos espirituais’.

Não é por acaso que a escola dominical existe até hoje. Ela é parte integrante da Igreja do Senhor Jesus Cristo, de quem temos a promessa de que “as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16:18). A EBD é uma bênção de Deus com características próprias, isto é, por mais que uma pessoa participe dos cultos e das atividades da semana de sua igreja, tem coisa que só será aprendida na escola dominical. É o maior seminário do mundo! E tem se destacado dentro da igreja como uma importante instituição de ensino capaz de ensinar, treinar e capacitar alunos para o aperfeiçoamento na obra do Senhor e também no crescimento espiritual da igreja.

Mas, infelizmente, o nosso trabalho tem concorrentes muito prósperos: a preguiça, o desânimo e a desculpa. Eles têm se colocado frente à igreja e impedido muitos membros de vir participar do momento mais sublime do Corpo de Cristo – o crescimento espiritual. Sem ele, jamais chegaremos à estatura de varão perfeito, e jamais manejaremos bem a Palavra de Deus. Entretanto, continuamos orando para que você se desperte e venha à EBD, e louvamos ao Senhor por aqueles que não têm se deixado abater pelo desânimo, nem se abandonado nos braços da preguiça e tampouco usado desculpas tolas para não estarem na casa do Senhor, sendo ricamente abençoados todos os domingos, pelo estudo matinal da Palavra de Deus.

Postado por: Assembleia de Deus Salinas da Margarida às sábado, janeiro 19, 2013

(Créditos: Assembleia de Deus Salinas da Margarida em: http://assembleiadideussalinas.blogspot.com.br/2013/01/a-importancia-da-escola-dominical.html )